E-MAIL  
FAÇA PARTE DE NOSSA LISTA VIP E NÃO PERCA AS NOVIDADES

UNIÃO DOS ARTESÃOS.

 

Durante muito tempo venho falando sobre a importância do mercado de feiras, bazares e afins para a economia Brasileira. Este segmento movimenta uma fatia gigantesca do PIB-Produto Interno Bruto do Brasil

 

Em 2013, segundo a última pesquisa de II Dimensionamento Econômico da Indústria de Eventos no Brasil realizada com mais de 2,7 mil empresas, o setor de eventos cresce em média 14% ao ano. Isso representa que nesse mesmo ano, o setor movimentou 4,32% do PIB do Brasil.

Infelizmente não encontrei dados mais atuais porém mesmo assim podemos perceber que este segmento movimenta muito dinheiro.

 

A questão então é???

 

Porque expositores e profissionais do ramo se comportam como se fossem uma subcategoria? Como se dependesse da ajuda e aprovação do governo para desenvolver seus projetos e trabalhos.

 

Sou a favor que todos deveriam se unir e criarem seus próprios projetos, com estratégias e disciplinas para poderem alavancar o mercado. 

 

Afinal em todos as outras áreas de atuação existe um consenso, uma união mesmo que não seja aparente. esta união existe.

 

É assim no ramo hoteleiro, nas indústrias e até na aviação. Então porque o Artesão não se une para alavancar seu próprio mercado?